Uma forte chuva na cidade de Águas de Lindoia, no interior de São Paulo, causou o cancelamento do treino do Fluminense neste sábado. O gramado do Centro de Treinamento, onde o time faz a pré-temporada, ficou completamente alagado

O temporal, que atingiu outras áreas da cidade, assustou os jogadores do Fluminense. “Nunca vi uma coisa dessas em pré-temporada. A chuva de ontem à noite assustou os jogadores e alguns chegaram a acordar”, declarou o zagueiro Luiz Alberto.

Com a chuva, os jogadores trabalharam a parte muscular na academia do hotel. “A mudança na programação acabou sendo boa para fazermos um trabalho de reforço muscular. Os trabalhos na pré-temporada tem que ser puxados para ficarmos no mesmo patamar das outras equipes, que já treinam há mais tempo”, afirmou o zagueiro.

A chuva começou às duas horas da manhã. Devido ao grande volume de água, a represa Batatás transbordou. Em algumas ruas, a circulação de veículos foi quase interrompida em razão do alagamento. O prefeito da cidade, Martinho Mariano, decretou estado de calamidade pública.