O volante brasileiro Cícero trocou de time no futebol alemão. Nesta quarta-feira, o jogador anunciou que deixará o Hertha Berlin, onde atuou nas duas últimas temporadas, para assinar um contrato de um ano com o Wolfsburg, clube no qual jogam os seus compatriotas Grafite e Josué.

“Chego muito motivado com mais esse desafio em minha carreira. Fiz duas temporadas muito boas no Hertha Berlin e me adaptei rápido ao estilo de jogo alemão. Espero crescer ainda mais com a camisa do Wolfsburg. O clube está sempre disputando títulos e conta com um elenco de qualidade. Já os enfrentei em algumas oportunidades no Campeonato Alemão e pude perceber que a torcida sempre comparece aos jogos e incentiva muito o time. Estou feliz e pronto para colaborar com o técnico Steve McLaren”, declarou Cícero.

Se o brasileiro está feliz em trabalhar com o treinador inglês, McLaren também parece demonstrar confiança no jogador. “Cícero será importante para nossa equipe. Ele pode atuar em mais de uma posição no meio-de-campo e também sabe fazer funções mais defensivas. É forte no jogo aéreo e perigoso quando está perto do gol”, analisou.

Aos 25 anos, o jogador chega ao quinto clube de sua carreira. Após ser revelado pelo Bahia, ele ganhou destaque no Figueirense, em 2006, quando formou uma boa dupla com o atacante Soares, e despertou o interesse do Fluminense. Pelo clube carioca, foi campeão da Copa do Brasil, em 2007, e vice da Libertadores, em 2008. Estava no Hertha Berlin desde a temporada 2008/2009.