O nadador brasileiro César Cielo bateu o recorde sul-americano nos 50 metros livre, nesta quinta-feira, na seletiva norte-americana para o Mundial de Roma. Ele nadou a prova em 21s14 e fez ainda o segundo melhor tempo da história da prova, atrás apenas do recorde mundial de Frédéric Bousquet, de 20s94, marca também obtida em 2009.

O recorde anterior de Cielo era de 21s30, conquistado nas Olimpíadas de Pequim quando levou o ouro nos 50 metros livre e bateu o recorde olímpico. No Troféu Maria Lenk, em maio deste ano, o nadador já havia repetido sua melhor marca.

“Estou super satisfeito. Ainda não estou polido, nem raspado, e conquistar minha melhor marca assim é um bom sinal. Sinto que o recorde mundial está cada vez mais perto, estou confiante que possa quebrá-lo no Mundial”, afirmou o nadador para a Sportv, salientando que esperava uma marca ainda melhor na prova desta quinta-feira. “Tinha colocado no papel 21s09, mas é pouca coisa de diferença, está valendo bastante”.

Cielo competiu a final B da seletiva ao lado de Bousquet – somente os norte-americanos podem disputar a decisão principal – e bateu o francês por 22 centésimos. O vencedor da final A fechou a prova em 21s52.