Novos recordes marcaram o segundo dia do Campeonato Brasileiro Sênior, nesta sexta-feira (14), na piscina do Pinheiros, em São Paulo. César Cielo do Pinheiros, fez novo tempo nos 50m livre, recorde que anteriormente era de Nicholas Santos. Ele fez 22s65. Já Felipe Lima melhorou sua própria marca nos 50m peito Sênior, ao marcar 28s33. O tempo anterior era de 28s52.

Nos 100m borboleta masculino sênior, Fernando Silva, do Pinheiros, venceu com recorde de campeonato (53s55)em uma disputa entre finalistas olímpicos. Nas raias ao lado estavam Thiago Pereira (53s64) e Gabriel Mangabeira (54s23), do Minas Tênis, e Kaio Márcio Almeida (54s81), da Unisanta. A marca anterior da competição era de Thiago (53s72) feita ano passado, em Vitória. Joanna Maranhão foi recordista sênior dos 200m costas com o tempo de 2m17s79, e ficou perto do recorde brasileiro de Fabíola Molina (2m17s39) e da marca sul-americana de Georgina Bardach (2m17s33).

O Pinheiros está disparado na liderança do Brasileiro Sênior – Troféu Daltely Guimarães, com 300 pontos. Quase o dobro do segundo colocado, a Unisanta, com 151. O Minas Tênis Clube está em terceiro, com 75 pontos.