Cesar Cielo retornou ao Brasil após a conquista de três medalhas de ouro no Open de Paris empolgado com o seu desempenho no último fim de semana. Em preparação para a disputa do Mundial de Esportes Aquáticos, que será realizado no final de julho em Xangai, o campeão olímpico avaliou que “subestimou” as suas chances e pode rever os seus objetivos na competição.

“O resultados dos 50 borboleta e dos 100 livre foram muito melhores do que eu esperava. Eu acho que estava me subestimando um pouco e agora e vou repensar os meus objetivos. Dá para nadar mais rápido do que eu imaginava e espero capitalizar isso na China”, afirmou, nesta terça-feira, em entrevista ao SporTV.

Em Paris, Cielo venceu as provas dos 50 metros borboleta (22s98), que não é sua especialidade, além dos 50 metros livre (21s66) e dos 100 metros livre (48a26). Satisfeito, agora ele se concentrará na reta final de preparação para o Mundial, que será realizado entre os dias 24 e 31 de julho.

“A ideia e chegar em Xangai tinindo, chegar no topo do topo. Vamos torcer para que eu consiga o melhor, mais uma medalha de ouro para minha carreira e para o Brasil”, disse Cielo, que defenderá os títulos mundiais dos 50 e 100 metros livre, conquistados há dois anos em Roma.