O Cimed/Malwee sofreu nesta quinta-feira, mas conseguiu derrotar o Fátima/Medquímica/UCS por 3 sets a 1, de virada, com parciais de 22/25, 25/23, 25/23 e 25/23, em Caxias do Sul, pela nona rodada do segundo turno da Superliga masculina de vôlei.

Com a vitória, a equipe catarinense se garantiu na liderança, agora com 47 pontos, apenas um a mais que o vice-líder Sada Cruzeiro. Apesar do revés, o Fátima segue na briga pelas primeiras colocação, com 40, na quinta posição.

O Sada Cruzeiro se manteve na cola do Cimed graças à boa vitória sobre o Sesi nesta quinta. Jogando em São Paulo, o time mineiro encerrou a série de nove triunfos seguidos do rival ao aplicar 3 sets a 0, com parciais de 25/22, 25/15 e 26/24.

O destaque da partida foi o meio-de-rede Douglas Cordeiro, que marcou 18 pontos para os visitantes. Pelo Sesi, o oposto Léo contribuiu com 10 pontos. “Foi um bom jogo. A gente não esperava esse placar no segundo set. Não é a realidade de uma partida desse nível. Mas conseguimos imprimir um ritmo bom no saque e o bloqueio e defesa funcionaram bem”, avaliou o atacante Bruno Zanuto, da equipe mineira.

A derrota desta quinta custou a terceira colocação ao Sesi. A equipe paulista foi superada na tabela pelo Pinheiros/Sky, que ganhou do Vivo/Minas por 3 sets a 1, de virada, parciais de 20/25, 25/09, 26/24 e 25/20, em São Paulo. Os paulistas chegaram aos mesmos 43 pontos do Sesi, mas levam vantagem na média de sets.

Em São Bernardo, o Brasil Vôlei derrotou o Álvares/Vitória por 3 sets a 0, com parciais de 25/18, 25/13 e 25/20. Foi a quarta vitória seguida da equipe paulista, que segue na parte intermediária da tabela, com 36 pontos.

Ao final da partida, o técnico Rubinho elogiou o preparo físico da sua equipe. “O time está suportando muito bem essa sequência de jogos e viagens e isso é muito importante em uma competição como a Superliga. Fizemos mais uma boa partida hoje, jogamos concentrados o tempo inteiro e controlamos bem o jogo”, destacou.

Jogando em casa, o Montes Claros/Funadem bateu o Volta Redonda por 3 a 2, com parciais de 25/19, 27/25, 21/25, 18/25 e 15/10, no ginásio Tancredo Neves. E, complentando os jogos do dia, o Upis/Brasília superou o Funvic/Uptime/Cuiabá por 3 a 1, parciais de 25/10, 21/25, 25/21 e 25/19, no Distrito Federal.