O vôlei de praia brasileiro vai ser representado por cinco duplas nas quartas de final do Grand Slam de Haia, na Holanda. Dessas, três estão na chave feminina – Taiana/Talita, Maria Clara/Carol e Ágatha/Maria Elisa – e outras duas no masculino: Bruno Schmidt/Pedro Solberg e Alison/Emanuel.

No feminino, apenas uma eliminação, de Lili/Bárbara Seixas. Na terça, elas haviam estreado em Haia vencendo Ágatha/Maria Elisa pela fase de grupos. Mas quando a competição chegou aos mata-matas, nesta sexta, Lili e Bárbara perderam para as alemãs Holtwick e Semmler de virada, parciais de 21/18, 21/19 e 15/9.

Ágatha/Maria Elisa começaram o dia na repescagem, onde venceram as também alemãs Köhler e Schumacher por 2 sets a 0. Na sequência, fizeram um grande jogo para vencer as norte-americanas Kessy e Ross, vice-campeãs olímpicas, também em 2 a 0, parciais de 21/16 e 21/19.

“A Maria Elisa é uma excelente jogadora e estou gostando muito de jogar com ela. Estamos aprimorando nossa capacidade de lidar com as adversidades e estamos nos entrosando na marra. Está sendo uma fase de muito crescimento para mim, tanto pessoal quanto profissional”, comentou Ágatha.

Taiana e Talita, que veem em boa fase, tiveram trabalho, mas venceram as irmãs Schwaiger, da Austrália, nas oitavas. Já Maria Clara e Carol seguem avançando depois de terem que começar a competição no qualifying. Nesta sexta elas venceram as checas Bonnerova e Hermannova e avançaram às quartas.

HOMENS – Na chave masculina são duas duplas do Brasil vivas na etapa holandesa do Circuito Mundial. E exatamente as duas que começam melhor a temporada. Campeões da Copa do Mundo, Alison e Emanuel tiveram que jogar a repescagem em Haia, venceram os italianos Lupo e Nicolai por 2 sets a 1, e em seguida, também nesta sexta, passaram pelos poloneses Kantor e Losiak para chegar às quartas de final.

Campeões do Circuito Brasileiro, Bruno Schmidt e Pedro Solberg estão invictos na Holanda. Nesta sexta, pelas oitavas de final, eles tiveram trabalho para vencer os australianos Kapa e McHugh, por 2 a 1. Nas quartas, os adversários serão os americanos Gibb e Patterson, responsáveis pela eliminação de Ricardo/Álvaro Filho, por 2 sets a 0, nas oitavas.