Além de perder o jogo para o Coritiba na estreia na Copa do Brasil, o Holanda/AM ainda amarga um grande prejuízo no bolso. Após o confronto contra o Alviverde, a direção do clube constatou que mais de cinco mil ingressos foram falsificados. Isso porque as bilheterias apresentaram um público de cerca de 22 mil pessoas enquanto os ingressos vendidos não chegaram aos 17 mil.

O caso foi encaminhado à Polícia Civil e o Fast, clube de Manaus que também usa o Vivaldão, já tomou medidas para evitar o problema nos próximos jogos. Enquanto isso, a equipe comandada por João Carlos Cavalo segue os trabalhos em Rio Pedro da Eva, onde está sediado a Laranja Mecânica. Na escalação, ele deverá fazer alguns testes e trazer algumas surpresas para encarar o Coxa na quarta-feira.