O atacante Mario Balotelli tentou impor resistência e chegou a recorrer junto a um tribunal do Campeonato Inglês, mas aceitou nesta quarta-feira uma multa de 350 mil libras (R$ 1,14 milhão) aplicada pelo Manchester City devido a seu mau comportamento nos jogos da equipe.

A multa equivale a duas semanas do salário do atleta italiano, cujo recurso seria analisado nesta quarta. No entanto, a audiência sequer aconteceu porque Balotelli aceitou pagar o valor imposto.

“Após conversas amistosas por ambas as partes e como demonstração de respeito por Roberto Mancini (técnico do time), pelos torcedores e pelo clube, Mario Balotelli decidiu aceitar a multa de duas semanas e retirar o recurso”, informou o City em comunicado.

A diretoria dos ‘Citizens’ decidiu multar o jogador de 22 anos depois que ele perdeu 11 partidas da última temporada devido a três cartões vermelhos recebidos, outros amarelos e a ainda uma punição com efeito retroativo.

Balotelli já havia sido multado pelo City em março deste ano em uma semana de seu salário (R$ 421,25 mil) por ter ido a um clube de striptease um dia antes de um jogo do Campeonato Inglês.

A reação do atacante frente à punição e à decisão de Mancini de deixá-lo fora da equipe titular duas vezes no último mês aumentaram os rumores sobre sua possível saída do clube em janeiro.