O primeiro jogo de futebol no Chile após o terremoto que arrasou o centro-sul do país há cerca de 10 dias terminou empatado. No clássico chileno pelo Grupo 8 da Copa Libertadores da América, Universidad Católica e Universidad de Chile empataram por 2 a 2, nesta terça-feira, na cidade de Coquimbo (região norte chilena), pela segunda rodada da chave.

O resultado foi benéfico para o Flamengo, que joga nesta quarta contra o Caracas, na Venezuela. O time carioca, com três pontos, terá a chance de assumir a liderança isolada do grupo, que agora é do Universidad de Chile, com quatro. Já o Universidad Católica está em terceiro, com um.

Quem saiu na frente no placar foi o Universidad de Chile. Aos 18 minutos, Juan Manuel Olivera aproveitou uma falha da zaga para marcar o primeiro gol. Só que dois minutos depois, o rival empatou com Marías Rubio, após boa jogada pelo meio da área.

Na segunda etapa, um chute despretensioso de Francisco Silva, aos 25 minutos, gerou a virada do Universidad Católica. Tudo por causa do “frango” do goleiro Conde, que deixou a bola passar entre suas pernas quando tentou fazer a defesa. Mas seu erro, pelo menos, não causou a derrota de seu time, já que Edson Puch, aos 46, empatou a partida de cabeça.