A 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro, com sete partidas neste domingo, não tem tantos clássicos estaduais como em outras rodadas, mas o torcedor terá emoção de sobra nos duelos entre clubes do mesmo Estado. São somente dois confrontos regionais, mas que envolvem justamente os dois melhores times da competição. No Rio de Janeiro, o líder Fluminense enfrenta o embalado Vasco; e, em São Paulo, o vice Corinthians encara o necessitado São Paulo.

Com quatro pontos de vantagem na liderança do Brasileirão (32 a 28), o clube das Laranjeiras quer confirmar sua boa fase no clássico contra o Vasco. Em um Maracanã que promete lotar, o Fluminense enfrentará um rival empolgado pelos últimos resultados. Desde que assumiu o time de São Januário durante a disputa da Copa do Mundo da África do Sul, o técnico PC Gusmão não perdeu e impulsionou a equipe da zona de rebaixamento para a briga por um lugar no G-4 – grupo dos que hoje estariam classificados à próxima edição da Copa Libertadores da América.

No Pacaembu, o Corinthians busca a reabilitação da derrota na última rodada no clássico contra o São Paulo para tentar voltar a encostar na liderança, em poder do Fluminense há algumas semanas. O retrospecto ajuda o clube alvinegro, que não perde do rival desde fevereiro de 2007 – de lá para cá, foram nove jogos com cinco vitórias corintianas e quatro empates. Só que a equipe tricolor está necessitada dos três pontos sob o risco de ficar muito perto da zona de rebaixamento.

Uma outra partida não é um clássico regional, mas envolve dois clubes do mesmo Estado e até já decidiu um Campeonato Brasileiro – em 1978. Em Campinas, Guarani e Palmeiras se enfrentam e o torcedor que for ao estádio Brinco de Ouro da Princesa ganha de presente a reestreia do meia chileno Valdivia e a volta do atacante Kléber, livre de suspensão, na equipe paulistana.

Festa para a torcida também acontecerá em Porto Alegre. Em seu primeiro jogo após a conquista do bi da Libertadores, o Internacional recebe o lanterna Atlético Goianiense. A expectativa é de que o estádio Beira-Rio esteja cheio para incentivar o clube gaúcho na luta por mais um título na temporada. Aos goianos, resta a esperança de que o rival entre em campo de “ressaca” pela comemoração do meio de semana.

OUTROS JOGOS – Na Vila Belmiro, o Santos joga com espírito renovado contra o Atlético Mineiro. Apesar da eliminação na Copa Sul-Americana, o time venceu o Avaí e recebeu a grande notícia da permanência de Neymar, que poderia se transferir para o Chelsea. Do outro lado do campo, o reencontro do técnico Vanderlei Luxemburgo com a torcida santista e a necessidade da vitória para deixar a zona de rebaixamento.

O mesmo objetivo é encarado por outro Atlético, o Paranaense. Beneficiado antes da rodada pela perda de três pontos do Prudente em julgamento no STJD, o time de Curitiba sabe que isso não ajudará em nada se não conseguir o triunfo contra o Flamengo, na Arena da Baixada. Os cariocas, tentando se achar na competição, quer acabar com seus altos e baixos para voltar à briga pelas primeira posições.

Por fim, em Ipatinga, o Cruzeiro recebe o Vitória e quer os três pontos para retornar ao G-4, lugar perdido ao ceder um empate no último minuto contra o São Paulo na rodada passada. Já os baianos, abalados com a perda do título da Copa do Brasil e com a eliminação na Copa Sul-Americana, tenta juntar os cacos para não correr o risco de se ver numa situação desconfortável no Brasileirão.

Confira os jogos deste domingo pela 15.ª rodada do Brasileirão:

16 horas

Guarani x Palmeiras – Brinco de Ouro da Princesa

Internacional x Atlético-GO – Beira-Rio

Santos x Atlético-MG – Vila Belmiro

Atlético-PR x Flamengo – Arena da Baixada

18h30

Vasco x Fluminense – Maracanã

Corinthians x São Paulo – Pacaembu

Cruzeiro x Vitória – Ipatingão