O Brasil precisava apenas de uma vitória simples sobre os Emirados Árabes Unidos, neste domingo, em Abu Dabi, para garantir a classificação para as oitavas de final do Mundial Sub-17, mas aplicou logo 6 a 1 para não deixar dúvidas do resultado. Após o jogo, o técnico Alexandre Gallo comemorou a classificação e a forma de atuar da equipe ele.

“A entrega foi marcante. O time respeitou bastante o adversário. Fez o seu primeiro gol, buscou o segundo, terceiro, sem querer colocar o adversário na rodada. Com respeito, tendo nossa posse de bola, mas com finalização. É esse nosso objetivo”, comentou Gallo.

Esta foi a segunda goleada seguida da jovem seleção brasileira de Nathan, Mosquito, Boschilia e Gabriel. Na estreia, quinta, também havia vencido por 6 a 1 a Eslováquia. O próximo compromisso é diante de Honduras, quarta, e Gallo afirma que o Brasil entrará em campo com força máximo.

“Agora, com pés no chão, vamos se preparar para firmar a classificação em primeiro contra Honduras. A ideia é ir com força máxima, a não ser que tenha algum problema”, explicou Gallo, que tenta reeditar no time sub-17 o estilo de jogo da seleção principal. “A maneira de jogar é a mesma. A intensidade é a mesma.”