Um dos jogadores mais felizes do elenco atleticano ao final da vitória contra o Corinthians era o volante Claiton. Afinal, o “Predador” voltou a vestir a camisa rubro-negra em um jogo oficial, após mais de dois anos.

Antes, a mais recente partida dele defendendo o time da Baixada havia ocorrido em 20 de fevereiro de 2008, no Campeonato Paranaense, diante do Cianorte. Depois ele se despediu do clube e foi jogar no Japão (Consadole Sapporo) onde permaneceu até julho de 2009.

O retorno ao Atlético, no entanto, não foi como Claiton esperava. Recontratado como reforço para o Brasileirão, o jogador sofreu rompimento de tendão de Aquiles, durante um treinamento, uma semana depois de assinar contrato. O processo de recuperação foi demorado, no qual o volante precisou passar por duas cirurgias no local. Essa situação fez o “Predador” pensar que sua carreira no futebol tivesse acabado.

Ao final da partida contra o Corinthians, ontem, Claiton comentou sobre o seu retorno. “A participação foi importante, voltando depois de 11 meses. Entrei no sufoco. Agora é trabalhar forte para voltar à melhor forma o mais rápido possível”, destacou.