A Comissão de Clubes da Série A optou, em reunião nesta terça-feira (14), por prorrogar as férias dos jogadores por mais 10 dias. A princípio as férias eram de 20 dias, indo até 21 de abril, e agora completarão um mês, com o retorno previsto para o início de maio. A informação é do site Globoesporte.com e foi confirmada pela Tribuna/Gazeta do Povo.

>> Brasileirão tem que ser a prioridade do nosso futebol

A decisão, no entanto, não foi unanimidade entre os clubes que participaram da reunião online, que contou com a participação da CBF. O Flamengo foi um dos que rejeitaram a proposta. Assim, apesar da orientação, os clubes irão individualmente decidir o que fazer. O Coritiba deve tomar essa decisão na quarta-feira (15). O Athletico não participou da reunião.

Assim, estes 10 dias restantes das férias, que estavam sendo guardados para os clubes para o final do ano, serão liberados agora, permitindo que o calendário seja emendado no final de 2020 para o começo de 2021 se for necessário. A reunião também foi utilizada para discutir a venda de direitos internacionais do Brasileirão.

+ Mais do futebol:

+ Os 12 jogadores que não deixaram saudades no futebol paranaense
+ Coronavírus: Personalidades do futebol paranaense mudam rotina
+ Athletico e Coritiba ficam na bronca em reviravolta com a Turner