A vitória convincente do Paraná Clube diante do Atlético, por 4×0, apresentou um time completamente diferente do que vinha sendo visto nas rodadas anteriores, e até mesmo em todo o campeonato, já que a atuação foi a melhor da equipe no Campeonato Paranaense. O time paranista criou outras chances e não deixou o time de Petkovic jogar, podendo, até mesmo, ter conquistado um placar mais elástico.

O triunfo no clássico garantiu ao Tricolor a primeira posição no Estadual, e o direito de decidir as quartas-de-final, contra o próprio Atlético, em casa. O técnico Milton Mendes disse, assim que chegou ao clube, que o Paraná era favorito ao título. Agora, termina a primeira fase na liderança. “Se eu não acreditasse não estaria aqui. Sei do valor que os jogadores têm. Entendo algumas críticas, mas nós treinadores temos que ter equilíbrio. Precisamos entender que ganhamos um jogo, mas agora vem o que é o mais importante”, declarou o comandante.

A postura completamente diferente da partida de Toledo para o clássico ficou muito clara. As palavras do atacante Giancarlo no interior parecem ter surtido efeito. “Mudou (a postura). A cobrança fez efeito. A gente sabe que num clássico a equipe sempre dá um pouquinho a mais, e foi o que a gente fez”, admitiu o atacante, artilheiro da partida com três gols marcados.

Ele, que assumiu a artilharia isolada da competição com oito gols, acredita que o Atlético não deu muita importância para o Tricolor e para a partida. “O time deles pode ter menosprezado a gente. Terminamos em primeiro e não teve ninguém melhor que a gente. Desse jeito, podemos chegar”, salientou o jogador, comemorando o primeiro lugar na classificação do Estadual, e com um discurso completamente diferente de Toledo.

Com três gols, Giancarlo comemorou seu desempenho em campo, marcando três gols contra um rival. E ainda não perdeu a oportunidade de alfinetar o adversário das quartas-de-final. “Um é bom, dois é melhor e três contra o Atlético não tem preço. O time do final da rua tem que parabenizar nosso grupo”, provocou.