Aos poucos o Atlético Paranaense vai ganhando a mesma fisionomia do time que conquistou o campeonato brasileiro no ano passado. Para a partida de amanhã, às 20h30, na Arena da Baixada, contra o Palmeiras, o volante Cocito, de contrato renovado, estréia na competição. Como ele, também o zagueiro Gustavo está de contrato novo, mas ainda recupera a forma física, assim como o atacante Alex Mineiro, que havia dois meses sentia uma lesão no púbis.

O volante Preto ainda recupera-se de um estiramento na coxa esquerda, por isso Douglas Silva continua como companheiro de Cocito, que entra no lugar de Alan Bahia. No gol, Flávio não sente mais dores lombares e retorna ao time. O meia Kléberson está cada vez mais garantindo sua permanência no Atlético até o fim do ano. O prazo de inscrição para os principais campeonatos europeus termina no sábado e, até agora, não apareceu nenhuma proposta concreta para a compra dos direitos federativos do atleta. ?Só saio se aparecer um negócio muito bom para mim e para o clube, o que, por enquanto, ainda não aconteceu?, disse o pentacampeão mundial.

O atacante Dagoberto precisou sair antes do término do treinamento de hoje, em razão de ter dado um chute no chão, mas a princípio está confirmado para a partida. Segundo o jogador, o Palmeiras deve ser um time ainda mais perigoso depois da derrota por 4 a 0 para o Atlético Mineiro. ?É uma grande equipe e nós temos que entrar com o mesmo pensamento que entramos nos últimos jogos, com vontade e com pegada?, disse. Para ele, o Atlético precisa fazer a ?lição de casa?. ?Jogamos dois jogos em casa, vencemos e vamos em busca de mais uma vitória que nos coloca em posição boa.? O Atlético está na oitava colocação, com 7 pontos em quatro jogos.

Atlético Paranaense – Flávio; Alessandro, Rogério Corrêa, Igor e Fabiano; Cocito, Douglas Silva, Kléberson e Adriano; Dagoberto (Jadílson) e Kléber. Técnico – Valdir Espinosa.