O Comitê Olímpico Internacional (COI) autorizou nesta quinta-feira que a tocha olímpica passe também pela Irlanda durante a corrida de revezamento que irá percorrer os quatro países do Reino Unido (Inglaterra, Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales) antes da Olimpíada de Londres. Assim, a capital irlandesa Dublin receberá a simbólica chama no dia 6 de junho.

Depois dos protestos políticos que marcaram a corrida de revezamento da tocha olímpica antes dos Jogos de Pequim, em 2008, quando o artefato percorreu o mundo inteiro, o COI tinha decidido que o evento ficaria restrito ao país que fosse sede da Olimpíada. Mas, diante do pedido britânico, aprovou a inclusão da Irlanda no trajeto que será feito pelo Reino Unido em 2012.

As negociações para levar a tocha olímpica na Irlanda duraram meses, mas a proposta contou com apoio de dirigentes esportivos, políticos e forças de segurança. “Essa histórica ocasião reconhece a amizade, a paz e a cooperação que agora existe na Irlanda e demonstra o poder unificador do esporte”, disse o ministro irlandês do Esporte e Turismo, Michael Ring.

A corrida de revezamento da tocha olímpica começará no dia 19 de maio e irá passar por cerca de mil localidades do Reino Unido, percorrendo quase 13 mil quilômetros, até chegar à cerimônia de abertura dos Jogos de Londres, marcada para 27 de julho. Ao todo, ela será carregada por cerca de 8 mil pessoas, que ainda foram escolhidas pelo Comitê Organizador da Olimpíada de 2012.