O Avaí não conseguiu chegar à terceira vitória seguida no Campeonato Brasileiro da Série B. Na noite desta sexta-feira, pela 16ª rodada, a equipe catarinense empatou com o Ceará por 1 a 1, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis. Melhor em campo, vencia por 1 a 0, mas, com a expulsão de Eduardo Costa aos 29 minutos da etapa final, acabou levando o gol de empate cearense.

Com o empate, o Avaí acumulou o sexto jogo sem derrota, mas chegou aos 23 pontos e ainda não encostou no G4, o grupo de acesso da Série B. Já o Ceará interrompeu a série de duas derrotas seguidas, passando a ter agora 18 pontos.

Em casa, o Avaí começou o jogo no campo de ataque, pressionando o Ceará e querendo o gol rapidamente. Mas o sufoco não deu muito certo. Mesmo assim, o time catarinense terminou o primeiro tempo em vantagem, com gol marcado aos 43 minutos, quando Cléber Santana fez boa jogada pela direita e rolou para Marquinhos chutar.

No segundo tempo, o Ceará voltou melhor, mais presente no campo de ataque, enquanto o Avaí tentava ampliar nos contra-ataques. Aí, numa cobrança de falta a favor do time catarinense, Eduardo Costa, que estava na barreira para atrapalhar a visão do goleiro Fernando Henrique, deu uma cotovelada em Marcos e foi expulso pelo árbitro.

Com um jogador a mais em campo, o Ceará não demorou a empatar. Aos 32 minutos, Lulinha foi lançado e bateu cruzado, sem chances para Diego. No final, o time cearense pressionou bastante para buscar a virada, mas não furou o bloqueio catarinense.

Pela 17ª rodada da Série B, o Ceará volta a jogar na terça-feira, quando recebe o Guaratinguetá. E o Avaí entra em campo na sexta, em visita ao América-RN.

FICHA TÉCNICA:

AVAÍ 1 x 1 CEARÁ

AVAÍ – Diego; Ricardinho, Alex Lima, Bruno Maia e Aelson; Eduardo Costa, Rodrigo Thiesen, Diego Jardel (Luciano) e Marquinhos (Roberson); Cléber Santana e Beto (Marrone). Técnico – Hemerson Maria.

CEARÁ – Fernando Henrique; Diego Ivo, Anderson Marques (Magno Alves) e Potiguar; Marcos, Xaves, Ricardinho, Rogerinho e Vicente; Léo Gamalho e Rychely (Lulinha). Técnico – Sérgio Guedes.

GOLS – Marquinhos, aos 43 minutos do primeiro tempo; Lulinha, aos 32 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Igor Júnior Benevenuto (MG).

CARTÕES AMARELOS – Anderson Marques e Diego Ivo (Ceará).

CARTÃO VERMELHO – Eduardo Costa (Avaí).

RENDA – R$ 54.295,00.

PÚBLICO – 4.797 pagantes

LOCAL – Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).