Sebastián “El Loco” Abreu pode ser louco, mas é muito bom da cabeça. O uruguaio usou a cabeça como de hábito e marcou três gols, liderando o Botafogo na vitória por 5 a 2 sobre o Resende, neste domingo, no Engenhão, no encerramento da fase classificatória da Taça Guanabara (primeiro turno do Campeonato Carioca). Com 18 pontos, a equipe terminou em segundo no Grupo B.

Basicamente, o Botafogo começou a partida perdendo por 1 a 0. Aos 31 segundos, Elias recebeu lançamento, limpou a defesa e tocou na saída de Jefferson. A pressão aumentou para o time de Joel Santana quando Alex Oliveira abriu o placar para o Madureira contra o Vasco, minutos depois. Naquele momento, o time alvinegro era eliminado da Taça Guanabara.

A angústia, porém, durou pouco. O Vasco empatou pouco depois e deu tranquilidade aos botafoguenses, que chegariam à virada graças a Loco Abreu. Aos 18 minutos, ele aproveitou cruzamento de Lúcio Flávio e testou para empatar. Aos 30, novamente o uruguaio subiu mais que a zaga e fez o segundo. A situação ficou sob controle quando Márcio Gomes foi expulso aos 39, deixando o Resende com um a menos.

O que resultou em um passeio alvinegro no segundo tempo. Depois de pressionar bem nos minutos iniciais, Abreu fez seu terceiro gol com uma ajudinha do goleiro Cléber. Aos 11 minutos, Alessandro cruzou e o goleiro do Resende soltou a bola que não levava perigo para a cabeça do artilheiro.

Aos 20, o uruguaio mais uma vez contribuiu para o quarto gol. Lançado na área, ele cortou o zagueiro e chutou na trave. No rebote, Marcelo Cordeiro finalizou a jogada que ele iniciara: 4 a 1.

A partir daí, os botafoguenses começaram a se poupar para a semifinal, no sábado de Carnaval. Joel Santana tirou jogadores pendurados e mesmo assim a equipe chegou ao quinto gol. Aos 33, Eduardo lançou Wellington Júnior, que finalizou forte. Ainda houve tempo para o Resende fazer mais um. Elias fez bela jogada, já nos acréscimos, e chutou no canto de Jefferson.

Ficha técnica

Botafogo 5 x 2 Resende

Botafogo – Jefferson; Fábio Ferreira, Fahel e Wellington; Alessandro, Leandro Guerreiro (Diguinho), Eduardo, Lúcio Flávio (Somália) e Marcelo Cordeiro (Wellington Júnior); Caio e Loco Abreu. Técnico: Joel Santana.

Resende – Cléber; Bruno Leite (Marquinho), Breno, Márcio Cleick e Felipinho; Márcio Gomes, Léo Silva, Beto e Hiroshi (Leo); Elias e Fabiano (Taércio). Técnico: Marcelo Buarque.

Gols – Elias, a 1, e Loco Abreu, aos 18 e aos 30 minutos do primeiro tempo; Loco Abreu, aos 11, Marcelo Cordeiro, aos 20, Wellington Júnior, aos 33, e Elias, aos 45 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos – Leandro Guerreiro (Botafogo); Felipinho (Resende).

Cartão vermelho – Márcio Gomes (Resende).

Árbitro – Gutemberg de Paula Fonseca.

Renda e público – Não disponíveis.

Local – Estádio Olímpico João Havelange (Engenhão), no Rio de Janeiro (RJ).