LeBron James retornou ao Cleveland Cavaliers antes do início da temporada 2014/2015 da NBA com a missão de conquistar um título. Agora ele está a duas vitórias de fazê-lo. Incentivado por uma torcida que sonha com o fim de uma seca de 51 anos sem títulos das equipes da cidade nas grandes ligas norte-americanas, o Cavaliers derrotou o Golden State Warriors por 96 a 91, em casa, na noite de terça-feira, e abriu vantagem de 2 a 1 na final da NBA.

LeBron somou 40 pontos, 12 rebotes e oito assistências num confronto em que o Cavaliers se complicou no final, mas mesmo assim conseguiu a vitória. Matthew Dellavedova, que se tornou o principal aliado de LeBron na decisão, somou 20 pontos pelo time de Cleveland, que sobreviveu a uma impressionante tentativa de virada do Warriors, liderado por Stephen Curry, no quarto período.

Disputando a sua quinta final consecutiva, LeBron teve sua terceira atuação seguida espetacular na série decisiva desta temporada. O Cavaliers, que vinha de sua primeira vitória em uma partida das finais da NBA, repetiu o triunfo do último domingo, mas agora como mandante, na Quicken Loans Arena.

Agora o Cavaliers terá a oportunidade de abrir vantagem de 3 a 1 na quarta partida da série, que será disputada nesta quinta-feira, também em Cleveland. “É um grande momento e meus companheiros de equipe precisam de mim”, disse LeBron. “É minha tarefa liderar esses caras, ensinar, gritar e, em seguida, lhes dizer que estão fazendo bem e que devemos nos concentrar no próximo jogo”.

O Cavaliers, porém, esteve a ponto de desperdiçar uma vitória que parecia certa. O Warriors reduziu de 20 para apenas um ponto a vantagem do time de Cleveland quando faltavam 2 minutos e meio para o término do duelo. Porém, Dellavedova converteu uma jogada de três pontos, antes de LeBron acertar um arremesso de três e Tristan Thompson anotar um tiro livre. Assim, o time de Cleveland liderava o placar por 88 a 80 com 1min31 por jogar.

O Warriors ainda lutou e uma cesta de três de Curry levou o placar a 94 a 91, mas LeBron converteu dois tiros livres para definir o triunfo por 96 a 91. “Nós temos coisas a aprender”, disse LeBron. “Eu sempre disse nesta equipe que o melhor professor é a experiência. E no último minuto e meio nós adquirimos muita”.

Curry se recuperou de um início ruim de partida e terminou o duelo com 27 pontos pelo Warriors. Já o brasileiro Leandrinho Barbosa somou quatro pontos e um rebote nos dez minutos em que permaneceu em quadra pelo time de Oakland.