O Palmeiras está muito próximo de conquistar o Campeonato Paulista. Um empate no jogo da volta contra o Santos, domingo que vem, fará o clube figurar novamente no topo do futebol paulista. Por isso, o técnico Oswaldo de Oliveira trabalha para evitar que alguma coisa atrapalhe a equipe nesta semana. Ele já avisou que a partida contra o Sampaio Correa, quarta-feira, no Maranhão, pela Copa do Brasil, será disputada apenas com jogadores reservas.

“Nenhum jogador que iniciou o jogo (contra o Santos) vai viajar. Provavelmente, o Cleiton Xavier não vai também. É questão que vamos analisar a recuperação do Arouca. Vamos com a equipe titular para aquele jogo, mas com jogadores que não iniciaram”, avisou o treinador, que para dar moral aos seus atletas, negou o rótulo de time reserva. “Não dá para falar que Amaral, Renato, Tobio e Gabriel Jesus não são titulares”, minimizou.

Ele ainda deixa claro que sua decisão não é apenas pela disputa da decisão do Estadual, mas também pela desgastante viagem que o time fará até o Maranhão. “Não só pelo jogo. É pelo desgaste. Não temos alternativa de voo direto daqui para lá e em um horário que a gente pudesse treinar. Ou viajamos 10h da manhã ou 23h, que é o horário que deveríamos estar dormindo. Não posso submeter uma equipe a esse tipo de sacrifício”, explicou.

O elenco do Palmeiras se reapresenta na tarde desta segunda-feira na Academia de Futebol. Oswaldo ainda vai realizar alguma atividade no gramado para definir o time. O volante Arouca também será reavaliado, já que deixou o gramado machucado.