Mais uma vez o Flamengo teve de contar com o seu artilheiro, Hernane, para vencer um jogo do Campeonato Brasileiro. Quem caiu nesta quarta-feira no estádio do Maracanã foi o Bahia, que esboçou uma reação quando perdia por 1 a 0 e empatou aos 33 minutos do segundo tempo. Mas o atacante rubro-negro conseguiu fazer 2 a 1, o placar final pela 29.ª rodada, em um momento em que o adversário era mais perigoso.

Com o resultado, o Flamengo chegou aos 40 pontos – ainda alimenta o sonho de brigar por uma vaga na Copa Libertadores de 2014 – e se afastou mais do risco de rebaixamento. Já o Bahia continua ameaçado pelo descenso, com 36.

Foi impressionante o número de erros de passes, de bolas mal lançadas e de chutes a gol sem nenhuma precisão, notadamente no primeiro tempo. O Flamengo atacava mais e também falhava repetidas vezes, superando o adversário em lances equivocados. O Bahia tentava algo nos contra-ataques, todos puxados por William Barbio. Logo no primeiro, no início da partida, ele deu uma arrancada e ficou diante de Felipe. Chutou de bico e o goleiro conseguiu evitar o gol.

Com o apoio da torcida, o Flamengo buscava a vantagem no placar na base do entusiasmo, mas sem objetividade. Elias obrigou Marcelo Lomba a fazer boa defesa em chute forte. Minutos depois, Paulinho desperdiçou ótima oportunidade ao receber a bola, na medida, de Leonardo Moura e concluir para fora.

Aos poucos, o futebol ruim foi irritando os torcedores rubro-negros. Mas Paulinho aproveitou cruzamento de André Santos, aos 6 minutos do segundo tempo, e reanimou a torcida com o gol de cabeça. O domínio do Flamengo ficou nítido com a entrada de Gabriel na vaga de Carlos Eduardo. O Bahia, aturdido, não chegava mais ao ataque.

A vitória do Flamengo estava desenhada até Fernandão acertar um belo chute aos 33 minutos e empatar. Houve uma pane no time da casa e o adversário quase virou. No entanto, em um lance em que Leonardo Moura acreditou em uma bola quase perdida e conseguiu o cruzamento, Hernane definiu a vitória. Resultado que deve ser atribuído também ao goleiro Felipe, que, aos 48, fez excelente defesa em conclusão de Raul.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 2 x 1 BAHIA

FLAMENGO – Felipe; Leonardo Moura, Chicão, Wallace e João Paulo (Luiz Antônio); Amaral, Elias (Val), André Santos e Carlos Eduardo (Gabriel); Paulinho e Hernane. Técnico: Jayme de Almeida.

BAHIA – Marcelo Lomba; Madson, Lucas Fonseca, Titi e Raul; Feijão, Rafael Miranda e Hélder (Anderson); Wallyson (Marquinho Gabriel), William Barbio (Souza) e Fernandão. Técnico: Cristóvão Borges.

GOLS – Paulinho, aos 6, Fernandão, aos 33, e Hernane, aos 39 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Chicão, Gabriel e André Santos (Flamengo); Lucas Fonseca e Rafael Miranda (Bahia).

ÁRBITRO – Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO).

RENDA E PÚBLICO – Não disponíveis.

LOCAL – Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).