Sem o meia Ronaldinho Gaúcho, poupado, o Fluminense tomou a virada por 2 a 1 do Joinville, neste domingo, na Arena Joinville, em Joinville (SC), pela 20.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol da vitória dos catarinenses foi marcado no final, já aos 46 minutos do segundo tempo.

O Joinville ganhou um fôlego para tentar sair da zona de rebaixamento, somando agora 19 pontos na 19.ª e penúltima posição, dois a menos que o Goiás, o último fora da faixa da degola. Já o time carioca permanece com 34 pontos, na luta por vaga na Copa Libertadores.

O jogo começou mal para o Fluminense, que perdeu o centroavante Fred machucado logo aos 7 minutos de jogo. Mesmo sem o homem de referência, o time tricolor foi pra cima, obrigando Agenor a trabalhar. Foram pelo menos duas defesas difíceis até os 24 minutos.

Do lado do Joinville, William Popp perdeu duas chances de largar na frente do marcador. O Fluminense ainda reclamou da arbitragem em lances no final da etapa, que anulou gol de Marlon e não marcou pênalti após queda na área de Renato.

No segundo tempo, os cariocas mantiveram a pressão e chegaram ao gol aos 25 minutos, quando Cícero se adiantou da marcação para cabecear para as redes uma cobrança de escanteio de Vinícius. Lucas Gomes teve a bola do jogo, aos 32, mas errou feio diante de Agenor, que ficou com a bola.

A trapalhada foi punida com a virada. Mário Sérgio finalizou certeiro triangulação da equipe da casa, aos 35 minutos. O gol da vitória veio aos 46, quando Diego fez bela jogada pela direita, cruzou pra área e Marlon desviou para o próprio gol, matando o goleiro Júlio César.

O Joinville joga fora de casa na próxima rodada – contra o Palmeiras, a partir das 16 horas de domingo. No mesmo dia e horário, o Fluminense recebe o Atlético Mineiro, no estádio do Maracanã, no Rio, em confronto direto por vaga na Libertadores.

FICHA TÉCNICA

JOINVILLE 2 x 1 FLUMINENSE

JOINVILLE – Agenor; Mário Sérgio, Bruno Aguar, Guti e Diego; Naldo, Anselmo, Kadu (Ricardo Bueno), William Popp (Silvinho) e Marcelinho Paraíba (Marion); Edigar Junio. Técnico: PC Gusmão.

FLUMINENSE – Júlio César; Renato (Rafinha), Gum, Marlon e Gustavo Scarpa; Edson, Jean e Cícero; Wellington Paulista, Fred (Lucas Gomes) e Marcos Junior (Vinícius). Técnico: Enderson Moreira.

GOLS – Cícero, aos 25, Mário Sérgio, aos 35, e Marlon (contra), aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Guti e Naldo (Joinville); Marlon e Marcos Junior (Fluminense).

ÁRBITRO – Emerson Luiz Sobral (PE).

RENDA – 293.040,00.

PÚBLICO – 12.395 pagantes.

LOCAL – Arena Joinville, em Joinville (SC).