O Atlético-MG confirmou nesta terça-feira que o atacante Guilherme sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda – o tempo de recuperação não foi divulgado. Assim, ele será desfalque para o técnico Cuca no jogo desta quarta-feira, contra o São Paulo, em Belo Horizonte, pelas oitavas de final da Libertadores.

Se tivesse condições, Guilherme ficaria no banco de reservas, com opção para ser utilizado por Cuca durante o jogo com o São Paulo. Mas o atacante sofreu a lesão muscular depois de ter marcado um dos gols na vitória atleticana sobre o Tombense, por 5 a 1, no último domingo, pela semifinal do Campeonato Mineiro.

Na semana passada, o empresário de Guilherme chegou a revelar insatisfação por seu cliente estar na reserva do Atlético-MG e admitiu que poderia negociá-lo com outro clube. Mesmo com a polêmica, o atacante faz parte dos planos de Cuca e foi utilizado na vitória de domingo, que garantiu vaga na final estadual.

Já sem poder contar com Guilherme, Cuca comandou nesta terça-feira um treino fechado para a imprensa, quando acertou os últimos detalhes para o time poder enfrentar o São Paulo. Como venceu o jogo de ida no Morumbi por 2 a 1, o Atlético-MG pode até perder por 1 a 0 nesta quarta para avançar na Libertadores.