Criada em dezembro de 2008, a Liga Nacional de Basquete está consolidada. Com quatro fortes patrocinadores e uma parceria com a NBA, o presidente da LNB, João Fernando Rossi, que assumiu no início deste mês, acredita que o momento agora é de investir no crescimento dos clubes para que eles possam se tornar autossuficientes.

Para isso, o Instituto Aquila, empresa especializada em soluções de gestão, foi contratado e visitou todos os clubes filiados à LNB para traçar um diagnóstico administrativo. “Vamos explorar as boas práticas dos clubes para serem compartilhadas entre todos”, afirmou Rossi. “Temos de reforçar aos clubes que eles devem desenvolver ainda mais seus negócios localmente e que tentem transformar a experiência dos torcedores nas arenas a melhor possível”.

A LNB organiza atualmente quatro campeonatos – Novo Basquete Brasil (NBB), Liga Ouro, Liga de Desenvolvimento (LDB) e Liga de Basquete Feminino (LBF) -, com 30 clubes em 11 Estados. O foco de Rossi, neste momento, está na Liga Ouro, torneio de acesso ao NBB. “É na Liga Ouro que teremos o maior desenvolvimento do basquete. Nossa ideia é que em médio prazo possamos regionalizar o torneio, com conferências, facilitando entrada de novos clubes”, revelou.

A Liga Ouro deve ter sete equipes nesta temporada, com destaque para o Santos, do Amapá. Serão ainda três equipes de Santa Catarina (Blumenau, Brusque e Joinville), uma de Minas Gerais (Contagem), uma de São Paulo (São José) e outra do Rio de Janeiro (Botafogo).

Rossi promete também investir ainda mais no desenvolvimento na área de comunicação, mídia e marketing. O crescimento foi de 83% da temporada de 2014/2015 para 2015/2016. “Uma área importante que estamos crescendo é no conteúdo de nossas mídias sociais, como também nossas transmissões via streaming, através do #NBBnaWEB”, afirmou.

A parceria com a NBA é outro aspecto que ajudou no crescimento da liga, fidelizando novos torcedores no Brasil. Elogiado pelos dirigentes da maior liga de basquete do mundo, a LNB conseguiu fechar patrocínios importantes com Caixa Econômica, Sky, Avianca e Nike, acordo que foi oficializado na última segunda-feira.

“Os investidores procuram sempre o melhor investimento e, neste momento, a LNB tem se tornado um ótimo investimento. Hoje o NBB está sendo transmitindo pela TV aberta (Bandeirantes) e fechada (SporTV) e via streaming no Facebook live, fazendo com que a exposição dos investidores, prefeituras e patrocinadores tenham ótimo retorno”, finalizou Rossi.