O lanterna Granada surpreendeu neste sábado e, contando com o apoio da torcida, derrubou o Sevilla, terceiro colocado, na abertura da 14ª rodada do Campeonato Espanhol. O último colocado venceu por 2 a 1 em partida marcada por homenagem ao time da Chapecoense, em razão do acidente aéreo que matou 71 pessoas na Colômbia.

A homenagem aconteceu no primeiro tempo, quando o brasileiro Andreas Pereira comemorou seu gol levantando a camisa e mostrando a mensagem “Força, Chape”. O jogador, que também tem nacionalidade belga, pertence ao Manchester United, mas está emprestado ao Granada. Ele abriu o placar aos 26 minutos de jogo.

No segundo tempo, o lanterna marcou o segundo gol. Aos 11 minutos, David Lomban escorou cobrança de escanteio e mandou para as redes. O Sevilla, do técnico Jorge Sampaoli e do meia Paulo Henrique Ganso (que não entrou em campo), descontou nos acréscimos, em cobrança de pênalti de Ben Yedder.

O resultado tira, ainda que provisoriamente, o Granada da lanterna. Com oito pontos, agora ocupa a penúltima colocação, à frente do Osasuna, que tem sete e jogará no domingo. Já o Sevilla perdeu a chance de se aproximar do líder Real Madrid, que tem 33 pontos e faz o clássico com o Barcelona ainda neste sábado. O time de Sampaoli estacionou nos 27, na terceira colocação.