Prestes a iniciar a sua décima temporada na Fórmula 1, a Toro Rosso só vai apresentar o seu novo carro em 29 de fevereiro, mas nem por isso deixou de participar do primeiro dia de testes coletivos da pré-temporada, nesta segunda-feira, em Barcelona. Mas a equipe optou por estrear o STR11 com uma pintura em azul escuro, que será temporária, e sem a exibição da marca de qualquer patrocinador.

Foi assim que o espanhol Carlos Sainz Jr. treinou nesta segunda no circuito da Catalunha, onde a Toro Rosso inicia oficialmente a sua parceria com a Ferrari, que volta a ser sua fornecedora de motores, substituindo a Renault. O carro não apresenta mudanças radicais no seu layout, assim como o das outras equipes, pois o regulamento técnico da Fórmula 1 praticamente não sofreu mudanças para 2016.

A Toro Rosso manteve a sua dupla de pilotos de 2015 para o próximo campeonato, com Sainz, que treinará no primeiro e terceiro dia dos testes desta semana em Barcelona, e o holandês Max Verstappen, que vai guiar o carro no segundo e quarto dia de atividades.

Com ambos na condição de estreante, a Toro Rosso terminou o Mundial de Construtores de 2015 na sétima colocação. Agora com mais rodagem, eles tentarão subir ao pódio pela primeira vez na Fórmula 1, com a expectativa de conduzirem um carro ainda mais competitivo.

Nesta manhã de testes, além da pintura provisória da Toro Rosso, chamou a atenção o bom desempenho da Ferrari, que liderou a sessão inicial com o alemão Sebastian Vettel, que marcou o tempo de 1min24s939. Ele foi seguido pelo inglês Lewis Hamilton, atual campeão da Fórmula 1, com 1min25s409. O piloto da Mercedes foi quem mais deu voltas durante o período da manhã em Barcelona – 66. As atividades prosseguem no período da tarde.