O presidente Arnaldo Tirone não escondeu a empolgação com o acordo entre Palmeiras e Kia Motors, lançado oficialmente nesta quarta-feira. Para o dirigente, o novo patrocinador fará com que o clube “largue na frente” de seus principais rivais nesta temporada.

“Mostramos ao torcedor que o Palmeiras é grande, largamos na frente de outros clubes que ainda não têm patrocínio”, disse Tirone, lembrando que o São Paulo está sem patrocínio master, enquanto o do Corinthians vai apenas até o final deste Campeonato Paulista.

O evento para o lançamento do novo patrocinador aconteceu nesta quarta, em uma concessionária da Kia em São Paulo, e contou com a presença do presidente da marca no Brasil, José Luiz Gandini. O Palmeiras foi representado pelo técnico Luiz Felipe Scolari e o coordenador técnico Galeano, além do próprio Tirone.

O contrato entre as partes vai até janeiro de 2015 e, mesmo sem os valores terem sido divulgados, especula-se que o clube receberá R$ 25 milhões por ano. Este valor pode ser aumentado com alguns bônus, de acordo com o desempenho da equipe. O uniforme com o novo patrocínio no peito estreará no clássico diante do Santos, neste domingo, pelo Campeonato Paulista.

O presidente da Kia, em tom de brincadeira, já fez sua primeira cobrança nesta quarta. “Agora, com a Kia no peito, o Palmeiras tem que ganhar o campeonato, pelo menos a Copa do Brasil”, declarou, pedindo a conquista da competição nacional que também conta com patrocínio da marca. “Vamos tentar”, disse Felipão, um pouco sem graça.