O Foz do Iguaçu ainda não começou a preparação para o Campeonato Paranaense de 2018. Por enquanto é a única competição oficial a ser disputada pelo clube e por isso a dificuldade em conseguir recursos para iniciar a preparação ainda este ano, que na avaliação da comissão técnica deveria começar nesta quarta-feira (20).

O treinador é Allan Aal, ex-zagueiro que já trabalhou nas categorias de base do Coritiba e também no profissional do Rio Branco em 2015 e 2016. Ao lado do supervisor do clube, José de Negreiros, trabalharam nesse mês de dezembro para montar um elenco “dentro da realidade do clube, forte e competitivo”, segundo o presidente, Arif Osman.

Confira a preparação dos times do interior para o Paranaense

Retornam ao grupo do Foz 15 jogadores do sub-23, que disputaram o Paranaense, a Série D e a Copa FPF este ano. E em janeiro integram o elenco 15 atletas contratados com mais experiência em competições profissionais e não necessariamente em idade, seguindo, assim, a filosofia do time da fronteira.

Assim como foi em 2017, Allan Aal está confirmado como técnico do Foz para 2018. Foto: Divulgação/Foz
Assim como foi em 2017, Allan Aal está confirmado como técnico do Foz para 2018. Foto: Divulgação/Foz

“É uma filosofia do clube de trabalhar com jogadores dentro de um perfil que possa de repente na frente ter um retorno financeiro além do de resultado. É uma filosofia do clube que a gente acredita muito”, afirmou o treinador Allan Aal, em entrevista à Tribuna do Paraná.

Apesar das diferenças de receita e calendário, o Foz acredita ter chances de fazer uma boa campanha e até sonha com o título. “Sonho em ser campeão Paranaense. Mas a realidade é muito dura, existe muita diferença entre Coritiba, Atlético, Paraná Clube e Londrina. Até Cianorte e Maringá, porque terão um calendário melhor em 2018 e então podem se organizar mais. Então fica um campeonato muito difícil para as outras equipes”, disse Osman, em entrevista à Tribuna do Paraná.

Em 2018 o sistema de disputa do Paranaense está diferente, com duas taças e uma final entre os campeões. E segundo Allan Aal, o início da competição será determinante.

“Vai ter que largar bem, trabalhar forte para a equipe já iniciar num nível bom e a gente almejar jogo a jogo, procurar fazer um bom campeonato e brigar por aquilo que tiver ao nosso alcance sempre com muito pé no chão, muita tranquilidade, muito equilíbrio, que isso é fundamental para qualquer time que quer crescer”, ressaltou.

O Foz estreia no Paranaense diante do Londrina, no estádio ABC, no dia 21 de janeiro.