A derrota para o Boca Juniors, na noite de quarta-feira, no Engenhão, pode não representar muito dano à campanha do Fluminense na Libertadores. A preocupação maior era com Fred, que deixou o campo no segundo tempo com recorrentes dores musculares na coxa direita. No entanto, o atacante se reapresentou em boas condições nesta quinta, nas Laranjeiras, e realizou exercícios físicos.

A equipe médica optou por não realizar exames de imagem. Fred vai ser reavaliado no treinamento desta sexta-feira e, se estiver sem dores, deve ser liberado para enfrentar o Olaria, domingo, na rodada decisiva da Taça Rio. Mas a expectativa é que o técnico Abel Braga decida poupá-lo para o confronto contra o Arsenal, na próxima quarta, pela Libertadores.

Se Fred confirmar a recuperação, menos uma dor de cabeça para Abel Braga, pois ele teria de apostar em Rafael Moura, que passa por mau momento – tem apenas dois gols na temporada. “Se o Fred não puder jogar, entra o Moura. Sei que ele vai nos ajudar”, disse o treinador, após o atacante perder um pênalti na derrota para o Boca Juniors no Engenhão.

Enquanto já está classificado para as oitavas de final da Libertadores, o Fluminense ocupa apenas o terceiro lugar no Grupo B da Taça Rio, com 10 pontos. Assim, precisa vencer o Olaria no domingo e ainda torcer por tropeço do Vasco ou do Bangu, que jogam no mesmo dia, para chegar às semifinais e ainda sonhar com o título antecipado do Campeonato Carioca.