A seleção brasileira, enfim, conheceu seu rival nas oitavas de final do Mundial Feminino. Será a anfitriã França, no próximo domingo, às 16 horas (de Brasília), em Le Havre. As francesas estão no caminho das brasileiras graças à vitória por 2×0 do Chile sobre a Tailândia, em duelo do Grupo F.

Se as chilenas batessem as tailandesas por 3×0, elas se classificariam ao mata-mata e o adversário do Brasil nas oitavas seria a Alemanha, campeã olímpica, e não a França. Isso quase aconteceu, pois o time sul-americano, que abriu 2×0 diante das asiáticas com gols da goleira Boonsing (contra) e Urrutia, teve inúmeras oportunidades para construir uma goleada, entre elas um pênalti a seu favor no final da partida. No entanto, Lara acertou o travessão na cobrança.

Com os resultado do jogo em Rennes, a última vaga à próxima fase ficou com a Nigéria, que passou como a quarta melhor terceira colocada. A seleção africana tem o mesmo número de pontos, saldo de gols e gols marcados que o Chile, mas foi vazada menos vezes (4 contra 5) e, por isso, carimbou a passagem às oitavas. A Tailândia se despediu do torneio como a pior seleção da primeira fase, sem vitória e com saldo de gols de -19.

No outro confronto do Grupo F, em Le Havre, a seleção dos Estados Unidos, uma das favoritas ao título e maior campeã mundial, com três conquistas, derrotou a Suécia por 2×0 e confirmou o primeiro lugar da chave. As norte-americanas, que lideram o ranking da Fifa, chegaram ao triunfo sem dificuldade e encerraram a primeira fase com três vitórias, nenhum gol sofrido e 18 marcados.

O placar foi aberto por Horan no segundo minuto de jogo, completando cruzamento na pequena área, e selado com um gol contra de Andersson, que desviou arremate de Heath aos quatro minutos da etapa final. As suecas pressionaram depois de sofrerem os dois gols, mas não tiveram êxito em romper a defesa rival.

A adversária dos Estados Unidos no mata-mata será a Espanha, segunda colocada do Grupo B, que teve a Alemanha como líder. A partida será na próxima segunda-feira, às 13 horas (de Brasília), em Reims. Já a Suécia medirá forças com o Canadá, segundo do Grupo E, também na segunda, mas às 16 horas, no Parque dos Príncipes, em Paris.

Confira os confrontos das oitavas de final do Mundial Feminino:

22/06
12h30 – Alemanha x Nigéria
16h – Noruega x Austrália

23/06
12h30 – Inglaterra x Camarões
16h – França x Brasil

24/06
13h – Espanha x Estados Unidos
16h – Suécia x Canadá

25/06
13h – Itália x China
16h – Holanda x Japão