Vinte jogos para tirar o clube da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. É com esta missão que o técnico Gilmar Dal Pozzo chega ao Criciúma e já comanda a equipe diante do Corinthians, neste domingo, às 16 horas, no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC), em partida válida pela 19.ª rodada. Mesmo com o pior ataque e a pior defesa da competição, os catarinenses ocupam a 17.ª colocação, com 17 pontos, e podem sair da zona da degola com um empate se o Palmeiras for derrotado pelo Atlético Paranaense.

Apresentado na última sexta-feira, o treinador não quer perder tempo em busca de um padrão de jogo e se diz pronto para encarar o novo desafio. “Tenho característica em ser homem de paz, mas estou preparado para guerra. Tenho que me adaptar às características dos atletas, mas não abro mão da competitividade e da qualidade técnica”, disse Dal Pozzo, que ainda dá a receita para o Criciúma retomar as vitórias. “Minha ideia de jogo é uma equipe competitiva e forte na marcação. Tenho algo de estratégia montada, mas vou falar com a comissão técnica para montar o time”, completou.

A troca de comando não foi a única novidade no clube nesta semana. Após longo período sem poder atuar, o atacante Zé Carlos enfim teve o seu nome publicado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF e pode reestrear com a camisa tricolor dois anos depois da sua última passagem, quando marcou 41 gols em 2012. Com as novidades, o time que enfrenta o Corinthians é uma incógnita.