O Cruzeiro entrará em campo com um time misto para enfrentar a Chapecoense neste domingo, às 19 horas, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro. A preocupação do técnico Mano Menezes é recuperar os jogadores do empate por 1 a 1 contra o Flamengo, na última quinta-feira, no Rio, no jogo de ida da decisão da Copa do Brasil, e, ao mesmo tempo, manter a equipe no G6 do Brasileirão.

Por conta dos dois jogos fora de casa, a comissão técnica do time celeste optou por nem voltar a Belo Horizonte no intervalo destas duas partidas. Após a final na última quinta-feira, o elenco do Cruzeiro realizou mais um treino no Rio e depois viajou para Chapecó, onde fez mais um trabalho neste sábado.

Mano Menezes não confirmou a escalação da equipe, mas ao menos duas alterações devem ser feitas. O zagueiro Digão e o atacante Sassá, que não foram inscritos na Copa do Brasil, começarão a partida contra a Chapecoense como titulares.

Os meio-campistas Robinho e Thiago Neves devem ser poupados e dar lugar a Nonoca e o uruguaio Arrascaeta. No ataque, o jovem Raniel, de 21 anos, deve ganhar uma oportunidade entre os titulares. A boa notícia para Mano Menezes é que o Cruzeiro não tem nenhum desfalque por suspensão.