Gael Monfils e Jo-Wilfried Tsonga confirmaram o favoritismo nesta sexta-feira e deixaram a França na frente no duelo com a Alemanha no primeiro dia da rodada de estreia do Grupo Mundial da Copa Davis. Os franceses lideram por 2 a 0 na série melhor-de-cinco, e só precisam de mais uma vitória para avançar à segunda rodada.

Diante de sua torcida, Monfils, 15.º do ranking, derrotou Philipp Kohlschreiber por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 6/4 e 7-6 (7/5), em 2h45min, no piso rápido da cidade de Toulon. Em seguida, Tsonga, número 11 do mundo, passou por Benjamin Becker, por 3 sets a 1, parciais de 6/3, 6/2, 6/7 (2/7) e 6/3.

A equipe francesa poderá garantir a vitória se vencer o duelo nas duplas no sábado. Michael Llodra e Julien Benneteau enfrentarão Philipp Kohlschreiber e Christopher Kas. No domingo, Monfils duelará com Becker, enquanto Tsonga vai encarar Kohlschreiber.

Se avançar na Davis, a França terá pela frente o vencedor do confronto entre a Suíça, que não conta com o número 1 Roger Federer, a Espanha, atual bicampeã da competição.

Ainda nesta sexta, a República Checa venceu as duas primeiras partidas com a Bélgica, na cidade belga de Bree. Tomas Berdych bateu Olivier Rochus por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/0 e 6/4. Na sequência, Radek Stepanek, 17.º do ranking, superou Xavier Malisse também por 3 a 0 – 6/2, 6/4 e 7/6 (7/3).

No sábado, os checos poderão confirmar o triunfo caso a dupla formada pelos favoritos Lukas Dlouhy e Jan Hajek vença Steve Darcis e Olivier Rochus. No dia seguinte, Rochus enfrentará Stepanek, e Malisse vai duelar com Berdych. O vencedor do confronto vai encarar a equipe que sair vitoriosa do duelo entre Chile e Israel.