O técnico Dorival Júnior comandou mais um treinamento nesta sexta-feira visando a partida contra o Bahia, domingo, às 20h, em Salvador, e fez alterações em relação ao time que treinou na quinta-feira. As principais novidades foram as entradas de Valdivia e Wesley, recuperados de problemas físicos.

Nesta sexta, o treinador comandou um treinamento “fantasma”, no qual montou uma equipe sem adversário. Curiosamente, o técnico Gilson Kleina, adversário deste domingo, é quem tinha o hábito de realizar este tipo de atividade. A ideia é que esse treino seja positivo para os jogadores treinarem melhor o posicionamento em campo. Inicialmente, Dorival montou a equipe com 12 jogadores, mas depois mandou Diogo para o banco e escalou uma provável formação.

Valdivia passou a semana fazendo tratamento por causa de um edema nas costas em decorrência de uma pancada levada nas costas no clássico com o Corinthians. Nesta sexta, ele foi para o campo normalmente e participou de toda a atividade. Já Wesley fazia fortalecimento muscular e também chegou a ser dúvida.

O zagueiro Lúcio (dores musculares) e os atacantes Cristaldo (torção no tornozelo) e Leandro (dores no pé) não treinaram e devem ficar fora da partida. Além disso, Juninho e Henrique estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Em relação ao time, o treinador fez duas alterações em comparação a equipe que realizou na quinta-feira, um coletivo no Allianz Parque. Bruninho e Diogo saíram para as entradas de Wesley e Valdivia. Na segunda parte do treinamento, Marcelo Oliveira saiu para a entrada de Diogo. A equipe alviverde ainda terá mais um treinamento no sábado, já em Salvador.

O provável Palmeiras é Fernando Prass; João Pedro, Tobio, Nathan e Victor Luis; Renato, Marcelo Oliveira (Diogo), Wesley, Valdivia e Mazinho; Mouche.