Depois de ter ficado fora do treino da última segunda-feira por causa de uma gastroenterite, Lionel Messi foi a principal novidade da atividade que o Barcelona realizou na manhã desta quarta, visando o confronto diante do Elche, na quinta, no Camp Nou, pela ida das oitavas de final da Copa do Rei.

O treinamento desta quarta aconteceu com portões fechados, mas o clube confirmou, por meio de seu site oficial, que o elenco do time catalão trabalhou com “toda a primeira equipe disponível”. Antes disso, o treino da última segunda-feira havia sido aberto para a imprensa e na terça toda a equipe ganhou dia livre do técnico Luis Enrique devido ao feriado de Dia de Reis, comemorado na Espanha.

Messi, porém, chegou a se exercitar na terça, antes de voltar a trabalhar com o resto dos seus companheiros nesta quarta. O retorno do astro acontece depois de o treinador do Barça ter sido alvo de críticas por ter iniciado a partida diante da Real Sociedad, no último domingo, com Messi e Neymar no banco. Os dois entraram no jogo durante o confronto, mas não conseguiram evitar a derrota por 1 a 0, em San Sebastián, onde o time catalão desperdiçou a oportunidade de assumir a liderança do Campeonato Espanhol.

Na última segunda-feira, além de Messi, o treino do Barcelona também não contou com o brasileiro Rafinha, por causa de uma otite, e com o francês Jérémy Mathieu, que trabalhou em separado. Já no domingo, Luis Enrique disse que não escalou o astro argentino desde o início por precaução, pois o jogador havia retornado de uma longa viagem, para a Argentina, durante a pausa de fim de ano.