São Paulo – O Brasil está no Grupo B da Copa Stankovic, que começa hoje em Nanquim, China, na seqüência da preparação para o Mundial de Basquete do Japão, a partir do dia 19. Os jogadores do técnico Lula Ferreira jogam amanhã, contra a Alemanha. No mesmo grupo ainda estão Austrália e Grécia.

Para o pivô Anderson Varejão, a Alemanha é uma das favoritas ao título mundial (foi terceira em Indianápolis/2002), contando com Dirk Nowitzki, do Maverick Dallas da NBA. Enfrentar os alemães, comentou o jogador, é importante para dar consistência à seleção brasileira. Sobre a China – os brasileiros assistiram ao amistoso contra os Estados Unidos – o pivô Tiago Splitter destacou a velocidade e o contra-ataque. ?Mas vamos com tudo para cima deles, como fizemos contra os Estados Unidos (o Brasil perdeu só de quatro pontos)?.

A Austrália tem bons pivôs, caso de Andrew Bogut, da NBA, diz o ala/armador Marcelinho. ?Eles jogam com muito contato físico. Jogaremos contra equipes fortes, que se equivalem tecnicamente. Se enfrentarmos os australianos na rodada final aqui, será muito válido, porque serão nossos primeiros adversários no Japão.?

O ala Guilherme diz, sobre a Grécia, campeã do europeu: ?São jogadores jovens e talentosos. Não têm destaques individuais e apostam na força do conjunto. Valorizam a posse de bola, em estilo bem diferente do nosso?.

É muito importante participar desse torneio, diz o técnico Lula. ?Temos mais três jogos para ajustar a parte tática e buscar mais entrosamento.? O pivô Tiago assinala que haverá testes de opções defensivas e variações ofensivas.

Enquanto isso, em Cingapura, se concentram algumas das seleções favoritas ao título do mundial: Espanha, Argentina e Sérvia, além da Eslovênia. O quadrangular vai de hoje a domingo.

Janeth chegou; só falta Iziane

São Paulo – A seleção brasileira feminina de basquete segue se preparando para o mundial, marcado para setembro, em São Paulo e Barueri. Antes da estréia na competição, a equipe do técnico Antônio Carlos Barbosa disputará dois jogos amistosos contra a China, em São Paulo (2 e 3 de setembro), e a Copa Internacional Eletrobrás, também em São Paulo -contra Canadá, China e Espanha (6 a 9 de setembro). O grupo já conta com a experiente Janeth, de 37 anos. Só falta a ala Iziane no grupo. A jogadora está defendendo o Seattle Storm da WNBA e se unirá ao grupo quando terminar a participação do time na liga norte-americana. Hoje e amanhã a seleção feminina treina em dois períodos; no domingo, ganha folga.

Reunião pela salvação dos clubes

São Paulo – Temendo a crise do basquete brasileiro, 31 clubes fizeram uma reunião ontem na sede da Federação Paulista. Na última terça, o presidente da Confederação Brasileira, Gersime Bozikis, o Grego, reuniu 35 clubes. Entre eles, estabeleceu-se uma comissão executiva com 13 times (Ulbra, Joinville, Brusque, Paulistano, Pinheiros, Franca, Rio Claro, Limeira, Flamengo, Cetaf, Universo/Brasília, Minas Tênis e Londrina), que serão os responsáveis por apresentar as propostas de mudança para Grego. Segundo Luís Zanon, técnico da equipe de Limeira, ?é preciso haver uma unificação do basquete para que tenhamos uma competição nacional forte e sem imposição de nenhuma parte – nem da confederação e nem da Nossa Liga?.