As 11 nações que integram a Confederação de Futebol da Oceania manifestaram seu respaldo à reeleição de Joseph Blatter como presidente da Fifa. Em um comunicado divulgado nesta quarta-feira, após o congresso anual da confederação, a entidade anunciou “uma resolução unânime de apoio ao presidente da Fifa, Joseph S. Blatter, em sua candidatura à reeleição através de uma carta assinada pelas 11 federações”.

Blatter, de 78anos, tentará conquistar um quinto mandato como chefe do órgão que gere o futebol no mundo. O jordaniano Ali Bin Al Hussein, uma dos atuais vice-presidentes da Fifa, anunciou a sua candidatura na última terça-feira.

O presidente da Confederação de Futebol da Oceania, David Chung de Papua Nova Guiné, foi reeleito sem oposição durante o congresso e se converte em um dos vice-presidentes da Fifa imediatamente. “Nós precisamos estar unidos, sermos transparentes e tomar decisões coletivas pela bem da confederação”, disse Chung durante o congresso.

Além do príncipe Ali e de Blatter, o francês Jerome Champagne, um ex-dirigente da Fifa e antigo aliado do dirigente suíço, também anunciou sua intenção de concorrer anteriormente na eleição da Fifa, que está marcada para 29 de maio em Zurique.