O Campeonato Paranaense 2018 chegou ao fim na tarde de domingo e o Atlético foi o grande campeão, confirmando o 24º título estadual de sua história. Vencedor da Taça Caio Júnior, o Furacão disputou a final com o Coritiba, campeão da Taça Dionísio Filho. No jogo de ida, no Couto Pereira, o Verdão abriu 1×0 de vantagem, mas na volta o Atlético fez 2×0 e confirmou o favoritismo. Contando com as fases finais, foram 17 jogos, desde o dia 17 de janeiro até o dia 08 de abril, para que fosse definido o vencedor da competição. Participaram da disputa 12 times.

A equipe que teve mais regularidade durante a disputa foi o Atlético, que saiu derrotado apenas uma vez em toda sua participação no campeonato. Apesar de ficar de fora da final do primeiro turno, quando foi eliminado nos pênaltis pelo Rio Branco, somou, em 16 jogos, 10 vitórias e cinco empates. Foram 26 gols marcados pelo Furacão nessa trajetória e apenas cinco sofridos.

O Coritiba, que ergueu a taça do primeiro turno, foi para a segunda fase da competição com um rendimento abaixo do esperado. Em cinco partidas somou apenas três pontos vindos de uma vitória magra diante do Cianorte. De fora da decisão do returno, o Alviverde teve mais tempo para se preparar para o duelo da finalíssima.

No primeiro jogo da decisão, o Coritiba abriu 1×0 de vantagem, mas não teve poder de reação para conter o Rubro-Negro diante de sua torcida.

Apesar de chegarem às finais do primeiro e segundo turno, respectivamente, Rio Branco e Londrina não tiveram regularidade ao longo do Paranaense. O time de Paranaguá disputou a final da Taça Caio Júnior contra o Coritiba, mas na sequência da disputa correu o risco de ser rebaixado à segunda divisão do Estadual e só ‘se salvou‘ por uma combinação de resultados de outros times. Já o Londrina ficou de fora das decisões da primeira etapa e, na segunda, apesar de vencer o Paraná Clube nos pênaltis e ir para a decisão, foi mais uma vítima do regular Atlético. Outras equipes ‘do interior‘ tiveram bons momentos no Estadual. O Foz, segundo colocado na classificação geral, fez uma bela campanha na fase inicial da competição, enquanto o Maringá na segunda, ainda que tenha sido goleado, revelou ter em seu elenco alguns jogadores de qualidade.

Veja a tabela do Brasileirão de 2018!

A equipe de esportes da Tribuna do Paraná elegeu a Seleção do Campeonato Paranaense, no esquema 4-4-2, e o técnico que mais se destacou.

O Atlético foi a equipe com mais jogadores escolhidos. Foram sete atletas do rubro-Negro na seleção. O Coritiba tem três representantes na lista e o Foz fecha a escalação com dois nomes.

Fique ligado na tabela da Série B!

Confira:

Goleiro: Wilson (Coritiba);
Lateral-direito: Diego (Atlético),
Zagueiro: Zé Ivaldo (Atlético),
Zagueiro: Thalisson Kelven (Coritiba)
Lateral-esquerdo: Renan Lodi (Atlético);
Volante: Júlio Rusch (Coritiba),
Volante: Bruno Guimarães (Atlético)
Meia: Matheus Olavo (Foz),
Meia: João Pedro (Atlético);
Atacante: Luccas Brasil (Foz)
Atacante: Ederson (Atlético);
Técnico Tiago Nunes (Atlético)