Um terço do ano já passou, o São Paulo já foi eliminado em dois torneios e, neste início de Campeonato Brasileiro, ainda tenta provar para seu torcedor que vale a pena acreditar no time. Neste sábado, às 19 horas, contra o Atlético Mineiro, pela quarta rodada, o principal trunfo tricolor é o estádio do Morumbi, na capital paulista, que vem se tornando a fortaleza da equipe na temporada.

Apesar de ter sido palco da eliminação mais recente do São Paulo, diante do Atlético Paranaense (2 a 2) na Copa do Brasil, a equipe perdeu apenas uma vez em casa neste ano. Foi para o Santos, por 1 a 0, pela fase de grupos do Campeonato Paulista. São sete vitórias e três empates – aproveitamento de 72,7%, com 14 gols feitos e quatro sofridos. Com o técnico uruguaio Diego Aguirre no comando, foram três vitórias e um empate.

Ocorre que do outro lado estará um rival que costuma dar trabalho ao São Paulo no estádio do Morumbi. Nos últimos dois confrontos pelo Brasileirão houve duas vitórias por 2 a 1 do Atlético-MG (Nacional de 2017 e 2016).

Além de provar a sua força em campo, outro desafio do São Paulo é atrair o torcedor de novo ao estádio. Com arrecadação e públicos baixos nesta fase inicial da temporada, o clube voltou a vender ingressos a preços populares (R$ 10), em estratégia que deu certo em 2017, quando fechou o Brasileirão com os cinco melhores públicos do torneio, mesmo lutando para fugir do rebaixamento na disputa.

Nesta semana, torcedores ainda se engajaram em uma campanha nas redes em que pediam #TodosAoMorumbi, com o apoio de ídolos e dirigentes do time como o atacante Jonathan Calleri, que passou pelo clube, o ex-zagueiro e atual dirigente Ricardo Rocha e o ex-goleiro Bosco.

Além do duelo deste sábado, o São Paulo jogará em casa na próxima quarta-feira no jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana contra o Rosario Central, da Argentina. A partida de ida, em abril, terminou empatada sem gols.

“Vamos, juntos, em busca de bons resultados. Almejaremos isso contra o Atlético-MG e teremos a torcida conosco”, analisou Diego Souza, que deve ser mantido como titular. “Vamos com tudo para vencer em casa. Contamos com a nossa torcida para brigar por um resultado positivo no fim de semana”.

Com a provável volta de Reinaldo, recuperado de lesão, à lateral esquerda, ele deve ser a única novidade do São Paulo em relação ao time que começou jogando contra o Fluminense no domingo passado. O zagueiro Rodrigo Caio, com entorse no tornozelo esquerdo, continua em tratamento e desfalca o time. Com cinco pontos depois de três apresentações, a equipe ainda não perdeu nesta edição do Brasileirão.