Cabeça de chave número 3, o tenista Thomaz Bellucci começa na próxima terça-feira a defender seu título no Torneio de Gstaad, na Suíça. O brasileiro estreia diante do suíço Marco Chiudinelli, que é o 63º colocado no ranking mundial. Nesta segunda, no entanto, ele joga ao lado do também brasileiro Franco Ferreiro na chave de duplas, contra outra parceria do Brasil, formada por Marcelo Melo e Bruno Soares.

Número 22 do mundo, Bellucci tem retrospecto favorável contra Chiudinelli. Em três confrontos já disputados, foram três vitórias do brasileiro, sendo a última no Torneio de Auckland deste ano. Em 2009, eles já haviam se enfrentado no qualifying de Miami e em Xangai.

“Apesar de tê-lo vencido todas as vezes que o enfrentei, jogar contra o Chiudinelli é sempre um jogo complicado, porque ele saca muito bem e aqui em Gstaad, jogando em casa, não vai ser diferente”, afirmou Bellucci.

Empolgado, Bellucci não esconde as boas lembranças que tem da disputa de Gstaad. “É um torneio muito especial para mim. Foi aqui que conquistei meu primeiro título de ATP, no ano passado. Foi uma semana e tanto, saí do qualifying para ser campeão. Espero repetir o resultado este ano aqui”, declarou.