SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Após a definição dos confrontos de mata-mata, criou-se a expectativa para um possível encontro entre Brasil e Bélgica nas quartas de final da Copa do Mundo. Apesar da possibilidade, o meia Eden Hazard afirmou que ainda não pensa a respeito de uma partida contra a seleção brasileira. Os belgas precisam vencer o Japão nesta segunda-feira (2) para avançar de fase. No mesmo dia, o Brasil encara o México por uma vaga nas quartas.

“Nós ainda não estamos pensando no Brasil. Primeiro nós precisamos vencer o Japão, e o Brasil também joga contra o México. Ainda não estamos pensando tão à frente. Não ganhamos da Inglaterra para poder enfrentar o Japão [nas oitavas de final]. Nós queríamos vencer”, disse Hazard em entrevista coletiva.

O camisa 10 da Bélgica aproveitou também para comentar as ausências de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo após as eliminações de Argentina e Portugal, respectivamente. Hazard ressaltou que ainda restam outros grandes jogadores na disputa pelo título mundial.

“Agora é hora de brilhar. Quero avançar às quartas de final, depois para as semis e então para a final. Mas não sou o único que quer isso. Mesmo que Messi e Cristiano Ronaldo estejam foram, muitos bons jogadores continuam. É hora de nos mostrarmos para o mundo. Temos um grande time, temos tudo em nossas próprias mãos”, acrescentou.

Bélgica e Japão se enfrentam às 15h (horário de Brasília) desta segunda-feira (2), na Arena Rostov. No mesmo dia, o Brasil encara o México em Samara por uma vaga nas quartas de final.