Um parque no centro de Estocolmo foi cenário de uma manifestação contra o racismo neste sábado (30), como resposta aos ataques recebidos pelo jogador da seleção da Suécia Jimmy Durmaz, na última semana.

Ele cometeu a falta que originou o gol de Toni Kross na derrota de 2 a 1 para a Alemanha. Depois disso foi muito criticado nas redes sociais com ataques xenófobos -com pais imigrantes turcos, o jogador nasceu na Suécia.

“As pessoas não apenas mostram amor por Jimmy, mas também pelas próximas gerações”, disse seu pai, Simon Durmaz.