A Bélgica convive com a possibilidade de ter duas baixas importantes na véspera da estreia na Copa do Mundo. O técnico Roberto Martínez afirmou nesta quinta-feira (14) que aguadará até o próximo domingo (17), um dia antes da partida contra o Panamá, para definir as situações de Vincent Kompany e Thomas Vermaelen. Os dois se recuperam de lesões e correm o risco de serem cortados do Mundial.

“Acreditamos que era melhor que eles trabalhassem individualmente no hotel. Vamos garantir que eles fiquem na melhor forma possível para tomar uma decisão 24 horas antes do jogo contra o Panamá”, disse o treinador ao comentar as ausências dos defensores na atividade com o grupo nesta quinta.

O prazo citado por Martínez está dentro do limite autorizado pela Fifa para definir possíveis cortes nas seleções.

Kompany se recupera de lesão na panturrilha, sofrida no amistoso diante de Portugal, no início deste mês. Já Vermaelen teve um problema muscular na coxa em partida pelo Barcelona, em maio.

Apesar das possíveis baixas, Roberto Martínez afirmou que a seleção belga está preparada para a estreia diante do Panamá.

“Estou feliz com a nossa preparação. Foi uma boa decisão permanecer na Bélgica para que os jogares pudessem passar um tempo também com as suas famílias, para que pudéssemos jogar três vezes em Bruxelas e não tivéssemos que viajar. Agora, estamos prontos para o jogo contra o Panamá e estamos felizes com o progresso da equipe”, destacou.

A partida entre Bélgica e Panamá será disputado na próxima segunda-feira (18), em Sochi, às 12h (horário de Brasília). A seleções estão no Grupo G, ao lado de Tunísia e Inglaterra.