SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Herói da classificação uruguaia às quartas de final da Copa do Mundo, Edinson Cavani mostrou-se muito emocionado com a vitória por 2 a 1 sobre Portugal neste sábado (30). Durante entrevista após a partida, ele quase não encontrou palavras para descrever o que viveu no Estádio Olímpico de Fisht.

“É emocionante. Não há palavras para descrever… Feliz, feliz, feliz. Olha só para esses torcedores. Imagino como estão no Uruguai… Temos que seguir sonhando”, disse o atacante, com a voz embargada e pausas de vários segundos.

O dia só não foi melhor para Cavani porque um incômodo o obrigou a sair da partida a vinte minutos do final. Ele confirmou ter sentido “uma fisgada” na panturrilha esquerda, na qual colocou gelo quando chegou ao banco de reservas. Chamou a atenção o momento em que o atacante saiu do gramado, amparado pelo rival Cristiano Ronaldo.

“Veremos como estão as coisas, vamos fazer os exames porque espero seguir com os companheiros”, afirmou Cavani. “Estou muito contente pelo que aconteceu. Espero que não seja nada e que eu possa seguir.”

Cavani tem até sexta-feira (6) para estar apto a voltar a jogar. Nesta data, às 11 horas (de Brasília) a seleção uruguaia enfrenta a França pelas quartas de final da Copa do Mundo.