O estelionatário Facundo Sapo Ciarlo, que estava em liberdade condicional na Argentina, foi detido na Rússia após ser reconhecido em fotos compartilhadas em redes sociais.

Ciarlo, que não tinha permissão para deixar a Argentina, não evitou ser fotografado acompanhando as partidas e foi detido após a derrota do seu país para a França, no sábado (30).

Ciarlo era dono de uma empresa chamada The Frog Travel e foi acusado de fraude de mais de 10 milhões de pesos argentinos (aproximadamente R$ 1,4 milhão). Com a prisão, Ciarlo voltará para a Argentina sem o direito de liberdade condicional.