A Fifa apresentou nesta quarta-feira mais um balanço da venda de ingressos para a disputa da Copa das Confederações, que será realizada no Brasil entre os dias 15 e 30 de junho, e revelou que mais de 546 mil entradas já foram compradas para as 16 partidas que serão realizadas em seis estádios.

Apesar da grande procura, a Fifa explicou que ainda estão à venda 246 mil ingressos. Estas entradas podem ser adquiridas exclusivamente pela internet através do site www.fifa.com/ingressos. Essa atual fase da comercialização dos bilhetes se encerrará no dia 28 de maio, mas Thierry Weil, diretor de marketing da entidade, já faz um análise positiva.

“Os números provam que a Copa das Confederações com a participação de quatro campeões da Copa do Mundo é um evento muito aguardado, especialmente pelos fãs e residentes locais, que estão ansiosos por vivenciar a ação ao vivo, em um dos seis estádios da Copa do Mundo da FIFA. Apesar da enorme procura, ainda há boas chances de conseguir ingressos para a maioria dos jogos antes do final da atual fase de vendas, no dia 28 de maio”, explicou.

Nesse balanço, a Fifa detalhou quantos ingressos foram vendidos para cada partida da Copa das Confederações. Para o jogo de abertura, entre Brasil e Japão, em Brasília, 58.620 foram entradas compradas. A partida entre e México e Itália, no Maracanã, é a que tem mais bilhetes adquiridos – 60.717. Já Brasil x México, no Castelão, já vendeu 47.075 ingressos.

Segundo a Fifa, 40.719 ingressos foram comprados para Brasil x Itália, na Fonte Nova. Para a final, em 30 de junho, no Maracanã, 58.860 bilhetes foram adquiridos. A partida com menos procura, até agora, é Uruguai x Taiti, com apenas 9.363 entradas comercializadas.

Confira o balanço da venda de ingressos para todos os jogos da Copa das Confederações:

Jogo 1 (15 de junho) – Brasil x Japão – Brasília – 58.620

Jogo 2 (16 de junho) – México x Itália – Rio – 60.717

Jogo 3 (16 de junho) – Espanha x Uruguai – Recife – 34.806

Jogo 4 (17 de junho) – Taiti x Nigéria – Belo Horizonte 11.194

Jogo 5 (19 de junho) – Brasil x México – Fortaleza – 47.075

Jogo 6 (19 de junho) – Itália x Japão – Recife – 26.073

Jogo 7 (20 de junho) – Espanha x Taiti – Rio – 36.781

Jogo 8 (20 de junho) – Nigéria x Uruguai – Salvador – 13.796

Jogo 9 (22 de junho) – Itália x Brasil – Salvador – 40.719

Jogo 10 (22 de junho) – Japão x México – Belo Horizonte – 26.635

Jogo 11 (23 de junho) – Nigéria x Espanha – Fortaleza – 24.215

Jogo 12 (23 de junho) – Uruguai x Taiti – Recife – 9.363

Semifinal, em Belo Horizonte (26 de junho) – 42.628

Semifinal, em Fortaleza (27 de junho) – 31.682

Disputa do 3º lugar (30 de junho) – Salvador – 23.258

Final (30 de junho) – Rio – 58.860