O atacante Jô está de saída do Corinthians. O jogador recebeu uma oferta “irrecusável”, segundo membros da diretoria, do Nagoya Grampus, do Japão, e já foi liberado para a realização de exames médicos e assinatura de contrato com o clube asiático.

O Corinthians é dono de 100% dos direitos econômicos do jogador, logo, a quantia ficaria toda para o clube. A tendência é que tudo seja sacramentado até a semana que vem. Sendo aprovado nos exames médicos, Jô assinará contrato e oficializará sua saída do clube.

Nos bastidores, a diretoria alvinegra está dividida, por entender que o valor da transação seria bom para ajudar na busca por reforços, mas, por outro lado, todos sabem da importância de Jô para a equipe e o esquema tático do técnico Fábio Carille.

Recentemente, o jogador deu entrevista falando que não sairia do Corinthians e que seu foco estava na disputa da Copa Libertadores do ano que vem. Ele havia recebido propostas de um outro clube do Japão, além de um time da Alemanha e outro da Itália. Entretanto, a oferta do Nagoya mexeu tanto com o jogador quanto com a diretoria do time paulista, que vê uma boa oportunidade de faturar alto com o atacante.

A provável saída de Jô fez o Corinthians agir rápido no mercado e já acertar com o atacante Tréllez, do Vitória. Entretanto, resta um acordo com o clube baiano, que deve receber uma quantia financeira e alguns atletas por empréstimo. Anteriormente, o Corinthians já anunciou a contratação de Júnior Dutra, que pode atuar como centroavante ou cair mais pelas pontas.

Jô foi o artilheiro do Corinthians na temporada, com 25 gols, e também o maior goleador do Campeonato Brasileiro, ao lado de Henrique Dourado, ambos com 18 gols marcados. O jogador tem contrato com o Corinthians até dezembro de 2019.