São Paulo – Com o clube devendo mais de R$ 100 milhões, e depois da negativa de Abel Braga, a diretoria corintiana optou pela contratação de um técnico barato e de currículo ?impressionante? para substituir o demitido Leão.

Paulo César Carpegiani, ex-Coritiba e Atlético que já foi campeão do mundo com o Flamengo e dirigiu a Seleção Paraguaia na Copa de 1998, foi o escolhido.

E logo na primeira conversa com o presidente Alberto Dualib e com o empresário Renato Duprat, Carpegiani soube que trabalhará com um time de garotos e sem contratações milionárias.

De acordo com um vice-presidente do clube, o salário do novo treinador será de R$ 200 mil mensais, metade do que foi oferecido a Abel Braga.

O técnico Cláudio Duarte será seu auxiliar. Ambos terão contrato de um ano. Eles foram apresentados hoje, no Parque São Jorge. Ricardo Rosa, que era auxiliar, será promovido a preparador físico. Carpegiani viajará amanhã para Recife, onde acompanhará o time das tribunas pela Copa do Brasil contra o Náutico. José Augusto comandará a equipe.

?Foi uma grande contratação. O Carpegiani sabe muito bem como está a situação do Corinthians. Eu o levei para a casa do presidente Dualib na noite do sábado e acertamos tudo. E ele não está enferrujado, não?, disse Renato Duprat.

O empresário deixou escapar que houve um grande medo entre os conselheiros que souberam do nome de Carpegiani, ontem.

O treinador trabalhou pela última vez em um clube brasileiro em 2001 – no Cruzeiro. Seu último cargo foi de técnico do Kuwait, em 2004. Nos últimos três anos, esteve envolvido com o RS, clube do qual é dono, no Rio Grande do Sul.

Carpegiani terá de fazer dispensas no atual elenco corintiano para diminuir a folha de pagamento.