O Corinthians ampliou para quatro jogos a sua série de vitórias seguidas, nesta quarta-feira à noite, em Itu. Pela quarta rodada do Campeonato Paulista, o time alvinegro venceu o Ituano por 1 a 0 e manteve os 100% de aproveitamento na competição, adquirindo a sonhada “gordura” para quando o estadual começar a ficar em segundo plano, por causa da Copa Libertadores.

Com 12 pontos, o Corinthians é o líder isolado do Paulistão e só pode vir a perder este posto se o São Paulo vencer o Guarani, nesta quarta-feira, no complemento da rodada. Já o Ituano, que acumulou sua terceira derrota seguida, segue estacionado nos três pontos, por enquanto na 14.ª colocação. Na próxima rodada, o Corinthians recebe o Bragantino, domingo à tarde, no Pacaembu, e o Ituano joga fora de casa, contra a Portuguesa, um dia antes.

O JOGO – O Corinthians entrou em campo com Gilsinho e Elton na frente, uma vez que Tite estava sem seus principais atacantes. Liedson e Emerson foram poupados, Jorge Henrique e Willian estão machucados e Adriano recupera a forma física, abrindo espaço para os dois atacantes contratados para esta temporada. Na defesa, a ausência de Paulo André, que operou o joelho direito mais cedo, abriu espaço mais uma vez para Chicão jogar.

Sem suas referências de ataque, o Corinthians teve dificuldades no começo do primeiro tempo e pouco assustou Roberto. O goleiro, porém, se assustou sozinho e quase marcou contra ao tentar segurar a bola em um cruzamento de Gilsinho.

A primeira boa jogada da partida foi do Ituano. Kleiton Domingues começou a jogada, tabelou e recebeu na cara de Júlio César. O meia chutou forte, mas em cima do goleiro, que espalmou para cima. O lance pareceu ter acordado o Corinthians, que começou a ser mais incisivo no ataque. Aos 20 minutos, Fábio Santos cruzou e Elton quase marcou de carrinho.

O gol saiu aos 32 minutos. Gilsinho recebeu cruzamento de Fábio Santos e tocou para Paulinho. O volante, na área, deu uma de atacante, chutou de voleio e fez belo gol. Pouco depois, o Corinthians ficou perto de ampliar com o Gilsinho, mas Roberto fez boa defesa com os pés.

O atacante estreante também desperdiçou ótima chance aos 8 minutos do segundo tempo. Paulinho recebeu de costas para o gol, na área, e tocou de calcanhar para Gilsinho. Este, ao invés de chutar direto, preferiu tentar devolver o passe e estragou toda a bela jogada. Elton também falhou numa chance clara. Aos 30 minutos, isolou cara a cara com Roberto.

O momento de maior perigo do segundo tempo, porém, foi do Ituano. Após falta batida da meia esquerda, cinco jogadores do time de Itu apareceram livres na área, à frente da zaga, e Jefferson Luiz foi quem cabeceou. O meia, porém, mandou em cima de Júlio César, que salvou a queima-roupa.

FICHA TÉCNICA:

Ituano 0 x 1 Corinthians

Ituano – Roberto; Anderson Salles, Thiago Gomes, Vitor Hugo e Gustavo; Alan Mota, Chapinha (Jefferson Luiz), Rodrigo Costa (Escobar) e Kleiton Domingues; Evando e Allan (Hugo). Técnico – Ruy Scarpino.

Corinthians – Júlio César; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Alex (Ramírez) e Danilo (Edenílson); Gilsinho (Vítor Júnior) e Elton. Técnico – Tite.

Gol – Paulinho, aos 32 minutos do primeiro tempo.

Árbitro – Flávio Rodrigues Guerra.

Cartões amarelos – Kleiton Domingues, Evando, Vítor Júnior e Chapinha.

Renda e público – Não disponíveis.

Local – Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP).